domingo, 18 de julho de 2010

dias sem escrever
semanas que fazem
a saudade apertar
e sufocar meu peito
de te sentir outra vez
de dormir contigo
mais uma noite.
você entorpece
meus sentimentos,
meus caminhos,
meu ser.
você dispara
o tremor em
minhas pernas.
emana o impulso nervoso
do meu cérebro
em direção ao meu corpo
e por ti eu me arrepio
de forma tão forte
que meus olhos
ficam cobertos
de maremotos lacrimais.
o gosto do teu beijo
impera em meus lábios
em meu paladar.
o toque de tuas
mãos nas minhas,
tateiam o tegumento delas.
cada instante contigo
foi único, singelo, marcante.
você me entorpece.

2 comentários:

Felipe disse...

Mais uma vez relacionando físico com sentimento, né amor? Eu amei. Está fantástico. Gostei muito desta parte: "e por ti eu me arrepio
de forma tão forte
que meus olhos
ficam cobertos
de maremotos lacrimais."

Te amo.

um ser anônimo de outro estranho disse...

Sim, amor! Afinal nós somos um entre laçado de físico e sentimento, juntos, unidos. Esse somos nós dois, somos em corpo e alma. É a gente!

Amo-te