quinta-feira, 5 de agosto de 2010

estou sedento por ti
não ouvir tua voz
é algo nem um pouco
agradável. é triste. é ruim.
é como algo arrancado
é algo retirado de um costume
de uma convivência
de neurônios costumizados
a processar por sinapses
as sensações e emoções
que o som que vibra
por suas pregas vocais
fazem efeito ao ultrapassarem
meu ouvido externo
e o sistema vestibular.
meu coração acelera,
meus músculos tremem
e só se estabilizam
por sabermos
que sua presença é real,
se faz existencial.

Um comentário:

Felipe disse...

Forte e sensível. Você se supera, amor. Fico feliz com isso. <3